RESOLUÇÃO/FOR No 02/2021

Estabelece novas medidas de convivência para minimizar a exposição de todos que fazem a FOR, referente ao enfrentamento do novo coronavirus.

O DIRETOR DA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DO RECIFE – FOR, no uso de
suas atribuições e com fundamento no DECRETO de no 50.433, de 15 de março de 2021 e no
novo Plano de Convivencia do Governo do Estado de Pernambuco (Publicado no DOE, de
16.03.2021), RESOLVE:

Art. 1o AUTORIZAR, em caráter excepcional, a não obrigatoriedade de cobrança de taxa para
os alunos da FOR, referente à segunda chamada de avaliação formal.
Parágrafo Único – O aluno que perder avaliação formal, independente do motivo apresentado,

NÃO precisará efetuar pagamento da taxa de segunda chamada e NÃO precisará apresentar
justificativa. O discente fica na OBRIGAÇÃO de preencher requerimento único na
SECRETARIA ACADÊMICA, até 72h úteis (PRAZO LIMITE), da realização da segunda
chamada;

Art.2o SÓ SERÁ PERMITIDA a entrada de uma pessoa por vez no VESTIÁRIO;

Art. 3o SÓ SERÁ PERMITIDA a permanência de, no máximo, 4 (quatro) pessoas nas salas de
estudos da BIBLIOTECA;

Art.4o SÓ SERÁ PERMITIDA a circulação de pessoas nas dependências da FOR, mediante o
uso OBRIGATÓRIO de MÁSCARA;

Art.5o SÓ SERÁ PERMITIDA a circulação nas dependências das clínicas-escolas da FOR
com toda parementação de atendimento clínico, tais como: protetor facial, máscara, pijama
cirúrgico e etc. A OBRIGATORIEDADE cabe para os alunos e profissionais em ATUAÇÃO.

Art. 6o AUTORIZAR à liberação dos alunos após a finalização do atendimento CLÍNICO,
mediante assinatura da ATA de freqüência;

Art. 7o SÓ SERÁ PERMITIDO o atendimento de, no máximo, 2 (dois) PACIENTES por
DUPLA;

Art.8o Estas medidas permanecerão até persistir o estado de agravamento da pandemia do novo
coronavirus;

Art. 9o Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação no site www.for.edu.br.
Recife, 08 de abril de 2021.

Prof. Artur José Vasconcelos de Queiroz
Diretor da FOR